Dieta individualizada: a “chave do sucesso” para atingir e manter o peso saudável

Atualizado: Mai 5

Low carb? Mediterrânea? Sem glúten? Sem lactose? Paleo? Jejum intermitente? Onívora? Vegetariana?



Diante de tantas possibilidades e abundância de conteúdos, como identificar qual dieta se encaixa melhor ao metabolismo de cada indivíduo? Qual dieta é a mais efetiva para os nossos clientes?

De uma maneira geral, a perda de peso ocorre quando existe uma dieta com um déficit calórico por determinado período de tempo e que é prescrita de acordo com as preferências e individualidades de cada um. No contexto da individualização dietoterápica, a avaliação metabólica é a conclusão feita através da associação da história clínica, das medidas de composição corporal, exames laboratoriais, interrogatório alimentar, investigação sobre hábitos de vida, saúde intestinal e qualidade do sono. Somente a análise conjunta desses fatores pode determinar como “funciona” o organismo de cada cliente e, com segurança, prescrever a dieta adequada ao caso. Mas há um ponto em comum para todos nós profissionais, a dieta precisa ser frequentemente ajustada para ser efetiva e atingir os objetivos traçados.


Até hoje, a ausência de um indicador de sucesso de dieta para o curto prazo (2 a 4 semanas) é o problema que o Sinque veio resolver.

O Sinque é uma ferramenta de monitoramento semanal que traz a informação necessária para o profissional saber quando e quais modificações na dieta são necessárias no curto prazo. Desta maneira, aumenta a aderência do seu cliente e o mantém na direção certa para o emagrecimento. Ele terá acesso a uma tecnologia inovadora e, sem estresse, perceberá a necessidade dos ajustes a serem incorporados na dieta.

Mas e a bioimpedância? Por mais que a bioimpedância tenha assumido um lugar importante para avaliar a massa magra e a massa gorda dos nossos clientes, ainda no curto prazo, o monitoramento frequente destes parâmetros ou simplesmente o peso é incompleto e impreciso, não nos fornecendo uma informação que possibilite a personalização da dieta. Além disso, existem outras queixas dos clientes a respeito dos processos de monitoramento do peso, como a frustração com o sobe e desce dos números e a ansiedade de subir na balança. A verdade é que, para monitorar a evolução dos nossos clientes no curto prazo, “voamos sem instrumentos”, “trabalhamos no escuro”, “dirigimos sem o Waze”, como você preferir descrever essa falta de orientação da dieta no curto prazo.

Essa imprecisão acontece porque as balanças e as bioimpedâncias não consideram a natural oscilação do peso humano. Durante o processo de emagrecimento, o sobe e desce dos números também acontece e pode representar de 2 a 4kg de diferença, para mais ou para menos, em um mesmo dia. Quase sempre essa oscilação é motivo de falta de adesão ao planejado com consequente desistência do programa de perda de peso, afinal o peso aferido em determinado momento não reflete a sua real tendência.

Assim, da mesma forma que a personalização é a chave do sucesso para que a dieta prescrita seja efetiva, o processo de monitoramento deve acontecer, pois é fundamental para definir e dirigir os ajustes para dado momento do organismo de cada cliente (personalização).

É isso que o Sinque faz de diferente, ele valida todo esse trabalho de individualização da dieta, pois acaba com a frustração em relação às oscilações do peso e traz, finalmente, uma alternativa para a “inimiga” balança. O Sinque antecipa a informação com a qual é possível orientar, no curto prazo, treinos, planos e programas de acordo com a fisiologia e resposta de cada indivíduo.


O Sinque combina inteligência artificial e ciência médica para aprender com a oscilação do peso do seu cliente e revelar, com duas semanas de antecedência, a tendência da faixa de peso, ou seja, o Ponteiro mostra hoje se o seu cliente vai ganhar, perder ou manter o peso nas próximas duas semanas. Assim, ajuda a evidenciar as causas mais comuns da falha da dieta, sejam elas relacionadas à quantidade, qualidade dos alimentos ou falta de rotina alimentar. Por exemplo, no caso de determinar o impacto de uma rotina alimentar consistente, você pode começar com o seu cliente pela organização dos horários das refeições, conforme o cliente se adapta aos horários da dieta o Sinque mostrará se esse processo vai mudar o padrão da oscilação do peso e, portanto, como e quanto esse ajuste vai impactar na tendência do peso.

O objetivo do Sinque é trabalhar em conjunto com o profissional, como uma extensão do atendimento. Uma solução que usa o monitor do peso - que não mostra números e as pessoas podem se pesar com roupas e sapatos - e o aplicativo inteligente para smartphones (Android e Apple). No aplicativo, a pessoa acompanha a tendência do peso através do “Ponteiro Sinque”, que revela hoje a tendência da faixa de peso para daqui a duas semanas. Assim, sem a frustração com os números e sem medo de se pesar, o Sinque consegue trazer a métrica que faltava para a validação e personalização da dieta serem mais efetivas.

Com o Sinque você consegue orientar seu cliente a rever possíveis causas da atual tendência, e explicar, por exemplo, que naquele momento é importante manter o peso ao invés de perder, pois o corpo está se adaptando à nova realidade. Ainda ajuda a entender excessos de final de semana que interferem na equação da dieta e dificultam a perda de peso dos clientes. Com o Sinque, o planejamento semanal passa a considerar os eventos com excessos, afinal quantidade de alimentos e bebidas ingerida influencia diretamente no déficit calórico desejado e com frequência o final de semana pode ser vilão. Isso sem falar nas escolhas dos alimentos pelos clientes. A qualidade dos alimentos influencia o metabolismo na medida que uma alimentação rica em produtos industrializados, processados e cheios de aditivos químicos prejudicam a saúde intestinal, dificultando a saciedade, aumentando o apetite e favorecendo o ganho de peso.



Saiba mais sobre como o Sinque funciona, como ele pode ser personalizado para você e para sua clínica, como é possível anunciar os serviços para funcionários de empresas, clientes de operadoras e seguradoras de saúde e ainda para outros profissionais de saúde. Faça parte do nosso ecossistema!



Dra. Telma Sigolo


15 visualizações0 comentário