Melhorando a qualidade da massa magra com exercícios físicos

Uma coisa que, infelizmente, poucos profissionais que trabalham com emagrecimento sabem é que a qualidade do músculo do indivíduo obeso é pior do que a o indivíduo magro. Vou tentar explicar de uma forma simples e lógica esse fato e ao final desse texto você encontrará as referências científicas que comprovam o que escrevo aqui.

A massa magra é composta de tudo aquilo que não é gordura, e um dos componentes da massa magra é a nossa musculatura esquelética.


Nossos músculos fazem parte do equilíbrio do corpo como um todo e tem funções metabólicas também. Uma delas é a de manter o volume da massa gorda, pois os músculos consomem a super pequenas gotículas de gordura liberadas (aos pouquinhos) pelo tecido adiposo (gordura) durante o dia e durante o exercício também.

Para medir a eficiência dos músculos a melhor, e mais óbvia, forma é realizar a capacidade desses de fazerem seu trabalho. E exatamente nesse ponto, quando você mede a capacidade do trabalho de um músculo pelo diâmetro desse próprio músculo é possível avaliar que uma pessoa obesa tem uma menor capacidade de realizar o mesmo trabalho comparado cum uma pessoa com menor massa gorda.

Isso é devido a vários fatores, que vão desde depósitos de gordura nas áreas intracelulares dos músculos, até a dificuldade biomecânica que um obeso possa ter com certos movimentos.

Um programa de redução de peso também afeta a massa magra dessas pessoas mas de uma forma que pode ser saudável. É claro que a manutenção da massa magra é importante, afinal até a mineralização dos ossos será influenciada pela perda de peso, por isso é tão importante o acompanhamento nutricional adequado e a ingestão de minerais e vitaminas na quantidade certa. Mas também é de fundamental importância, a melhoria da qualidade da massa muscular, afinal é ela, como disse acima, que participa ativamente no consumo das partículas de gorduras liberadas pelo tecido adiposo do nosso corpo. E, essa melhoria só é possível com exercícios físicos.

Desde uma bela caminhada, subir escadas, fazer exercícios bem simples em casa até a natação ou musculação na academia, isso trará o equilíbrio para o corpo que é tão importante para o sucesso do emagrecimento sustentável.


Leia mais sobre esse assunto, qualquer dívida, por favor entre em contato!


Aqui duas referências científicas de entidades super sérias, comprometidas com a ciência de verdade :)

https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/28630601/


https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/24409219/